12:28 24 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Port of Kiel, Germany

    Empresas do norte da Alemanha sofrem com sanções contra a Rússia

    © flickr.com / Arne List
    Mundo
    URL curta
    0 283

    O ministro das Finanças alemão, Reinhard Meyer, afirmou que os efeitos das sanções da União Europeia contra a Rússia ainda estão sendo sentidos em todos os Estados membros do bloco continental, com muitas empresas do norte da Alemanha sendo "seriamente afetadas" pelos embargos comerciais.

    A preocupação com os impactos negativos contínuos a partir das sanções fizeram parte dos comentários de Reinhard Meyer sobre o norte da Alemanha, especialmente sobre estado de Schleswig Holstein, que anunciou que as exportações para a Rússia caíram 31% em relação ao ano passado.

    A queda no comércio entre Schleswig Holstein e a Rússia resultou em crise para uma série de indústrias alemães, disse Meyer ao jornal Hamburger Abendblatt. “Acima de tudo a indústria automotiva foi atingida, mas também os setores de máquinas e de alimentos estão seriamente afetadas”.

    Além das preocupações com as perdas de emprego nas indústrias afetadas, Meyer contou que as empresas de logística também sofreram sério perigo de colapso devido a uma redução do comércio entre a UE e a Rússia. “Algumas empresas de logística estão ameaçadas de falir por causa da queda aguda nos contratos de transporte.”

    As sanções tiveram um impacto particularmente forte em Schleswig Holstein, que depende significativamente do comércio a partir do porto da cidade de Kiel. O terminal marítimo, que lida com mais tráfego do mar Báltico do que qualquer outro na Alemanha, passa uma queda de 6% na atividade em relação ao ano passado, enquanto porto de Hamburgo, que fica nas proximidades, sofreu uma queda do comércio para abaixo dos níveis de Roterdã e Antuérpia, como resultado do sanções.

    “O porto de Hamburgo tem uma enorme importância para o nível de emprego e o crescimento econômico em Schleswig Holstein, o que significa que a partir daí só podemos esperar um potencial crescimento moderado a médio prazo”, disse Meyer.

    As controversas sanções, empregadas contra a Rússia no ano passado, tiveram um efeito sobre muitos dos estados membros da União Europeia, com alguns países a sofrendo um significativo abrandamento econômico como resultado dos embargos.

    As medidas têm sofrido críticas de pessoas que sugerem que as restrições são autoderrotistas por natureza. Devido aos anteriormente fortes laços da Europa com a Rússia, as sanções deixaram muitas indústrias e economias nacionais em risco de graves perdas de emprego e comércio.

    Tags:
    comércio, desemprego, prejuízo, sanções, Hamburger Abendblatt, União Europeia, Reinhard Meyer, Antuérpia, Roterdã, Europa, Schleswig Holstein, Hamburgo, Kiel, Alemanha, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar