13:09 16 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 03
    Nos siga no

    Um relatório da Anistia Internacional divulgado nesta quarta-feira (27) acusa o Hamas de cometer crimes de guerra contra civis palestinos no ano passado. Segundo o documento, o grupo teria praticado tais atos contra pessoas acusadas de colaborar com Israel.

    Presidente dos EUA Barack Obama e Primeiro-Ministro de Israel Benjamin Netanyahu
    © AP Photo / Pablo Martinez Monsivais
    O relatório revela um lado sombrio das batalhas que palestinos e israelenses travaram no ano passado. “As forças do Hamas realizaram uma campanha brutal de sequestros, tortura e assassinatos” contra seu povo durante a ofensiva militar de Israel na Faixa de Gaza.

    O Hamas classificou o relatório como injusto, não profissional e sem credibilidade, afirmando ainda que é contrário à resistência palestina, que exagera deliberadamente em suas descrições, que não ouviu os dois lados da questão e que não fez esforço para checar as informações.

    Um outro relatório da Anistia Internacional, divulgado em março, acusou Israel de cometer crimes de guerra durante os conflitos. Os dois países acertaram um cessar-fogo em agosto após 50 dias de batalhas.

     

    Tags:
    Israel, Faixa de Gaza, Palestina, Anistia Internacional, Hamas, relatório, cessar-fogo, acusação, crime de guerra
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar