05:56 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Caças F-15 da Força Aérea da Arábia Saudita

    Sauditas bombardeiam casa de filho do ex-presidente do Iêmen

    © AP Photo/ Hassan Ammar
    Mundo
    URL curta
    0 50127

    Caças da Força Aérea Real Saudita bombardearam a casa do filho do ex-presidente do Iêmen, Ali Abdullah Saleh em Sanaa, capital do país.

    O jornalista baseado em Sanaa Mohamed Adel Aifi publicou fotos e vídeo da cena, informando que as explosões atingiram a área perto da casa do filho do presidente. As fotos e o vídeo mostram uma grande nuvem de fumaça surgindo no local.

    #شاهد | #صور | الآن| إستهداف منزل نجل الرئيس السابق علي عبدالله صالح في صنعاء والإنفجارات تهز منطقة حدة وأحياء السبعين.

    Posted by ‎محمد عادل العريفي‎ on Monday, May 25, 2015

     

    #شاهد | #فيديو | الآن| إستهداف منزل نجل الرئيس السابق علي عبدالله صالح في #صنعاء والإنفجارات تهز منطقة حدة وأحياء السبعي…

    Posted by Mohamed Adel Arifi on Monday, May 25, 2015


    Ali Abdullah Saleh foi presidente do Iêmen de 1990 a 2012, após a unificação de Iêmen do Norte e Iêmen do Sul. Antes disso, foi presidente do Iêmen do Norte.

    Saleh é suspeito de apoiar a crescimento do movimento houthi em 2014-2015, quando chefes tribais e forças leais ao ex-presidente se juntaram aos houthis. O avanço houthi fez o atual presidente, Abd Rabuh Mansur Hadi, buscar proteção na Arábia Saudita, onde também pediu ajuda para voltar ao poder.

    Em março, uma coalizão liderada pela Arábia Saudita e constituída principalmente por nações do Golfo, iniciou uma campanha de ataques aéreos contra alvos houthis no Iêmen. De acordo com estimativas da ONU, pelo menos 1.850 pessoas morreram e 7.400 ficaram feridos na luta entre houthis e forças leais a Hadi desde março.

     

    Mais:

    ONU apoia proposta russa de conferência sobre Iêmen
    Iêmen: Arábia Saudita atacou ONG de ajuda humanitária e matou cinco etíopes
    Irã vai usar via alternativa para ajudar o Iêmen
    Cessar-fogo não é respeitado no Iêmen
    Tags:
    caça, bombardeio, Houthi, Arábia Saudita, Iêmen
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik