23:44 24 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Michelle Obama

    Estado Islâmico ofende Michelle Obama

    © AP Photo/ Andrew Harnik
    Mundo
    URL curta
    11224212

    Um artigo publicado na Dabiq, revista digital do Estado Islâmico, chama a primeira-dama dos EUA, Michelle Obama, de prostituta. O texto é assinado por Umm Sumayyah Al-Muhajirah, uma “esposa da jihad”.

    O artigo também defende o sequestro de meninas para servirem como escravas sexuais dos jihadistas. O noivo da autora teria escravizado uma menina yazidi e, segundo Umm Sumayyah Al-Muhajirah, a prática não constitui um estupro, sendo inspirada no profeta Maomé.

     

    Tags:
    escrava sexual, prostituta, sequestro, Dabiq, Estado Islâmico, Michelle Obama, Maomé, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik