15:35 01 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 114
    Nos siga no

    A absolvição de mais um policial branco indiciado pela morte de dois negros desarmados após uma perseguição em Cleveland, em 2012, pode reacender as tensões raciais entre as forças de segurança e a comunidade negra nos EUA.

    Antes de anunciar a decisão, o juíz responsável pelo veredito, emitido neste sábado por um tribunal local, explicou que “não iria sacrificar” o policial se os indícios não justificassem a sua culpabilidade. Caso fosse considerado culpado, o policial Michael Brelo, de 31 anos, poderia pegar até 22 anos de prisão.

    Na altura do incidente, após uma perseguição de mais de 30 quilômetros, treze policiais dispararam um total de 137 tiros contra o veículo de Timothy Russell, de 43 anos, e Malissa Williams, de 30 anos, que não obedeceram à ordem da polícia para parar o carro.

    Brelo disparou 49 desses tiros, 15 dos quais foram feitos após ele ter subido no capô do veículo dos suspeitos. Apesar de 12 polícias terem feito outros 88 disparos contra o carro, apenas Brelo foi indiciado.

    O juiz responsável pelo caso explicou não haver indícios suficientes comprovando que as 15 balas disparadas por Brelo, quando o carro já estava parado, tenham matado o casal. Apesar de haver suspeitas de que dois de seus disparos podem ter sido fatais para Malissa Williams e Timothy Russell, o juiz considerou as provas como insuficientes.

    A imprensa local destacou que o juiz escolheu a manhã de um sábado, durante um final de semana de férias, para anunciar o veredito, e que a decisão somente foi anunciada após as forças policiais terem tido tempo suficiente para se preparar para possíveis tumultos, semelhantes aos que eclodiram em Baltimore (estado de Maryland).

    Em abril deste ano, a morte violenta de Freddie Gray em Baltimore, em resultado de uso excessivo de força física por parte da polícia, deu origem a uma onda de manifestações, onde até blindados foram usados contra a população.

    Mais:

    Barack Obama e ‘Monopoly Negro’: Policias americanos trocavam mensagens racistas
    Família de jovem negro morto pela policia nos EUA vai processar Ferguson
    Tags:
    violência, polícia, julgamento, Michael Brelo, Cleveland, Ferguson, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar