05:44 24 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Militantes do EI marchando na Síria

    Kremlin: EUA não conseguem impedir expansão do Estado Islâmico no Iraque e na Síria

    © AP Photo / Public Domain
    Mundo
    URL curta
    0 193

    Moscou está alarmada com o aumento de grupos terroristas do Estado Islâmico na Síria e no Iraque, que conseguem dominar novos territórios apesar das ações da coalizão liderada pelos EUA.

    A declaração faz parte de um comunicado emitido nesta sexta-feira pelo ministério das Relações Exteriores da Rússia.

    "Estamos alarmados com a recente intensificação de terroristas e com a ocupação pelos mesmos de diversos assentamentos importantes, incluindo as cidade de Ramadi, no Iraque, e Idlib e Jisr Ash-Shugur, na Síria. Chama a atenção o fato de as ações lideradas pelos EUA da chamada coalizão anti Estado Islâmico no Iraque e na Síria não terem até agora surtido efeito sobre as capacidades desse grupo de continuar expandindo o seu "califado" transfronteiriço" – diz o comunicado.

    O documento destaca que Moscou condena veementemente "os crimes sangrentos e outros atos de violência cometidos pelos terroristas contra a população local nos territórios controlados por eles".

    "Exortamos mais uma vez os parceiros regionais e internacionais a abandonarem o uso de "duplos padrões" na prática do combate ao terrorismo. Defendemos fortemente a consolidação de esforços da comunidade internacional para combater o terrorismo e extremismo violento numa base jurídica internacionalmente reconhecida" – declarou o ministério das Relações Exteriores da Rússia.

    Mais:

    Militante do Estado Islâmico confessa planos de ataque na Índia, diz ministro
    Suécia: Paraíso para terroristas do Estado Islâmico
    Estado Islâmico assume o controle de Palmira e Patrimônio da Humanidade deve ser destruído
    Tags:
    terrorismo, Ministério das Relações Exteriores, Estado Islâmico, EUA, Iraque, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik