03:09 16 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 82
    Nos siga no

    Segundo uma fonte parlamentar grega contatada pela agência Sputnik, o país tem vontade de reconhecer a Palestina, mas ao mesmo tempo não quer estragar as relações com o Israel.

    Os relatos da mídia grega informam que o novo gabinete de ministros na Grécia planeja tomar uma decisão importante sobre a Palestina em condições da instabilidade que permanece no Oriente Médio.

    Segundo a informação obtida pela Sputnik de uma fonte na bancada parlamentar do partido Syriza, que está no poder, “a questão do reconhecimento pela Grécia da Palestina como um Estado independente será incluído na agenda do parlamento grego nas próximas semanas. Atenas, seguindo o exemplo do Vaticano e dos demais países europeus, realizará uma votação no parlamento sobre o reconhecimento da Palestina. Seguindo a iniciativa do Syriza, o parlamento grego planeja reconhecer o Estado palestino nas fronteiras do ano 1967”. 

    Ao mesmo tempo, a questão do reconhecimento da Palestina deve ser tratada pela Grécia com cautela, porque o país tem estado recentemente desenvolvendo cooperação ativa com outro Estado da região, Israel. Segundo uma fonte próxima do governo grego, “no contexto da cooperação com o Israel, o governo de coalizão da Grécia considera correto reconhecer a Palestina não via um canal governamental, mas sim através de uma votação no parlamento”.

    Presidente dos EUA Barack Obama e Primeiro-Ministro de Israel Benjamin Netanyahu
    © AP Photo / Pablo Martinez Monsivais
    Segundo frisam os cientistas políticos gregos, a Convenção sobre Relações Diplomáticas prevê que o reconhecimento de um país por um outro país seja feito através de uma decisão respectiva tomada pelo Conselho de Ministros e a publicação da lei no órgão de imprensa oficial do governo. Depois disso, a informação sobre o reconhecimento é transferida às instâncias inferiores através de canais diplomáticos. Atenas não quer ruir as relações com Israel e por isso, em vez desse procedimento, quer incluir esta questão na agenda parlamentar. “Segundo o plano do governo, é altamente provável que nas próximas semanas o parlamento grego terá uma reunião especial sobre a Palestina com a participação do presidente da Autoridade Nacional Palestina Mahmoud Abbas. A votação sobre o reconhecimento da Palestina está planejada para esta reunião”.  

    Ao mesmo tempo, segundo disse à Sputnik uma fonte no Ministério do Exterior grego, “o primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, que estima o desenvolvimento das relações grego-israelenses como muito importante, nos próximos meses planeja realizar uma ‘Cúpula Mediterrânea’ trilateral com a participação da Grécia, Chipre e Israel. Para este encontro está prevista uma discussão sobre temas importantes, inclusive o fortalecimento da cooperação energética, técnico-militar e diplomática entre os três países”.

    Tags:
    Grécia, Palestina, Alexis Tsipras, Syriza, reconhecimento, parlamento, Estado Palestino
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar