14:35 22 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 01
    Nos siga no

    A Procuradoria-Geral de Baltimore, nos Estados Unidos, anunciou hoje (21) que a maior parte das acusações contra os seis policiais envolvidos na morte do jovem negro Freddie Gray, no último mês de abril, foram acatadas. De acordo com a procuradora-geral, Marilyn Mosby, o julgamento será iniciado no próximo dia 2 de julho.

    Justiça de Baltimore informou hoje que seis policiais serão acusados pela morte do jovem Freddie Gray
    © REUTERS / Kim Klement-USA TODAY Sports
    Freddie Gray, um jovem afro-americano de 25 anos, morreu no dia 19 de abril em decorrência de lesões sofridas na coluna vertebral. Ele estava sob custódia policial e os policiais são acusados de homicídio. Baltimore viveu duas semanas de intensas manifestações, saques e depredações. O governo do estado de Maryland chegou a decretar Estado de Emergência e a prefeitura da cidade, toque de recolher.

    A opinião pública norte-americana, especialmente o movimento negro, pressiona o governo e Justiça para que o caso não termine impune, como ocorreu em dois casos anteriores em Ferguson e em Nova York.

    No ano passado, o jovem Michael Brown, de Ferguson, estado de Missouri, estava desarmado e levou um tiro por um policial branco, que não foi levado à julgamento sob alegação de falta de provas.

    Em julho do ano passado, Eric Garner, 43 anos foi morto após ter sido asfixiado ao ser imobilizado por um policial branco em Nova York. Garner era negro e vendia cigarros contrabandeados. O júri popular decidiu não condenar o policial acusado alegando que não havia “provas para condenação”, informou Agência Brasil.

    Mais:

    Baltimore revela profundidade da discriminação racial nos EUA, diz diplomata russo
    Baltimore: protesto contra violência da polícia promete atrair milhares neste sábado
    Obama: Não há desculpa para manifestantes que se envolvem em atos violentos em Baltimore
    Tags:
    protestos, assassinato, polícia, Freddie Gray, Baltimore, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar