09:10 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    163
    Nos siga no

    O Ministério das Relações Exteriores da China, através de seu porta-voz, Hong Lei, declarou nesta quarta-feira (20) que o país está “gravemente preocupado” com o caso dos seis chineses que foram acusados de espionagem nos EUA.

    O assessor garantiu que a China trabalhará para proteger seus cidadãos, que, segundo o Departamento de Justiça norte-americano, roubaram segredos de duas empresas que desenvolvem tecnologias para sistemas militares.

    O professor da Universidade Tianjin Hao Zhang foi preso no sábado (16) ao chegar a Los Angeles. Ele e mais dois educadores da instituição teriam roubado segredos da Avago Technologies, sediada na Califórnia e em Singapura, e da Skyworks Solutions, em Massachusetts.

    Os procuradores norte-americanos argumentam que o grupo montou uma empresa em Tianjin, que fica a 150 km de Pequim, com as tecnologias desenvolvidas pelas duas empresas. Os outros cinco suspeitos estariam na China.

    Tags:
    Singapura, sistemas militares, tecnologia, roubo, segredos, espionagem, Chancelaria, Ministério das Relações Exteriores, Avago Technologies, Skyworks Solutions, Hong Lei, Hao Zhang, Los Angeles, Massachusetts, Califórnia, Pequim, Tianjin, EUA, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar