08:28 10 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Lançamento do foguete portador russo Proton-M com satélite Intelsat-22

    Foguete portador russo Proton-M com satélite mexicano se desintegra sobre a Sibéria

    © Sputnik / Oleg Urusov
    Mundo
    URL curta
    0 318

    O lançamento do foguete portador Proton-M com o satélite mexicano MexSat-1 no sábado, 16 de maio, terminou em acidente.

    "O acidente ocorreu na altitude de 161 km. O terceiro estágio e a fase superior da nave espacial arderam quase completamente na atmosfera. No momento, não foi registrada queda de componentes não destruídos ", diz-se no comunicado da Roscosmos, a agência governamental responsável pelos programas de ciência espacial e investigação aerospacial da Rússia.

    No 497º segundo de voo foi detetada uma anomalia no funcionamento do motor do terceiro estágio do foguete. A comissão de emergência irá considerar as causas do incidente e tomar as decisões adequadas.

    Por enquanto, todos os lançamentos dos Proton foram suspensos. O próximo devia ser realizado no início de junho, altura em que o foguete deveria colocar em órbita o satélite de telecomunicações de Reino Unido Inmarsat-3-5F.

    O presidente russo, Vladimir Putin, já foi informado do acidente, declarou o porta-voz do chefe de Estado, Dmitry Peskov. Ele não fez comentários sobre os detalhes da situação.

    Um acidente similar com foguete transportador Proton ocorreu há exatamente um ano atrás, em 16 de maio de 2014. O foguete deveria lançar o mais poderoso satélite de telecomunicações da Rússia, o Express-AM4R. De acordo com a informação à disposição da agência espacial russa, o acidente foi também devido ao mau funcionamento do terceiro estágio do foguete-portador, quando este se encontrava nas camadas superiores da atmosfera, ao 539º segundo do voo.

    A causa do acidente do Proton-M poderia ter sido uma falha na montagem do foguete, devido à falta de pessoal qualificado e aos baixos salários.

    O Ministério das Situações de Emergência russo declarou que “de acordo com as informações das autoridades locais, não foram achadas partes do foguete, não há danos ou fumo. Não existem ameaças à população ou a estruturas econômicas”.

    Tags:
    satélite, lançamento, acidente, espaço, Cosmódromo de Baikonur, Proton, Roscosmos, Sibéria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik