05:36 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, durante conferência realizada nesta sexta-feira (15) em Atenas

    Tsipras reafirma compromisso de não cortar salários e pensões na Grécia

    © AFP 2019 / LOUISA GOULIAMAKI
    Mundo
    URL curta
    0 91
    Nos siga no

    O governo de esquerda da Grécia não pretende abandonar sua posição de recusa ao corte de salários e pensões em prol de um novo pacote de ajuda financeira, segundo afirmou nesta sexta-feira o primeiro-ministro do país, Alexis Tsipras.

    “Algumas pessoas não devem colocar na cabeça a ideia de que, com o passar do tempo, a resistência do lado grego será testada e suas linhas vermelhas irão desaparecer”, disse o premier durante uma conferência organizada pela mídia. “Se eles tiverem isso em mente, devem esquecer”, acrescentou. 

    Tsipras explicou que seu gabinete trabalha para chegar a um acordo que traga desenvolvimento, com base em quatro pilares: superávit primário baixo, renúncia a novas medidas de corte, reestruturação da dívida e um projeto de investimentos para promover o crescimento. De acordo com ele, demandas que impliquem na desregulamentação do mercado de trabalho do país não serão aceitas. 

    Além de prometer que não haverá novos cortes nos direitos trabalhistas, o primeiro-ministro destacou que o governo irá taxar as rendas mais altas, de forma a promover a redistribuição das riquezas. 

    “É a hora da redistribuição, da distribuição equitativa dos encargos, de que paguem aqueles que não pagavam”.

    Tsipras salientou que a Grécia tem sobrevivido sem ajuda desde agosto de 2014, uma vez que não recebeu os 7,2 bilhões de euros ainda pendentes do segundo resgate oferecido por União Europeia e FMI. Ainda assim, segundo ele, o país tem cumprido todas as suas obrigações.  

     

     


    Mais:

    Rússia convoca Grécia para ser sexto integrante de banco dos BRICS
    Grécia considerou convite para o Banco do BRICS como uma “agradável surpresa”
    Grécia espera acordo com credores internacionais até junho
    Presidente da Grécia planeja visita à Alemanha para exigir reparações da II Guerra Mundial
    Tags:
    direitos trabalhistas, ajuda financeira, resgate, dívida, FMI, União Europeia, Alexis Tsipras, Europa, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar