07:17 14 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Health care workers inside a USAID-funded Ebola clinic with their Ebola virus protective gear in Liberia

    Médicos sem fronteiras: Libéria está livre do ebola

    © AP Photo / Abbas Dulleh
    Mundo
    URL curta
    Remédio russo contra ebola (15)
    0 12
    Nos siga no

    Libéria foi considerada livre do vírus ebola, após 42 dias sem novos casos de contágio, informou neste sábado, 9 de maio, a representação da organização internacional Médicos sem fronteiras.

    Os especialistas alertaram que os 42 dias sem contágios não podem ser motivos de comemoração até que os focos da doença não sejam completamente eliminados nos países vizinhos, Guiné e Serra Leoa.  

    “Não podemos ficar calmos até que os três países não atinjam o período de 42 dias sem novos casos de contágio com vírus ebola”, disse  Maria Teresa Cacciapuoti, chefe dos Médicos sem Fronteiras na Libéria para a agência France-Presse.  

    Segundo Cacciapuoti, as autoridades da Libéria devem intensificar o controle nas fronteiras do país para impedir o retorno do vírus.

    Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o vírus afetou mais de 26 mil pessoas na região, causando mais de 11 mil mortes.

    O surto do vírus ebola na África Ocidental começou em fevereiro de 2014. Os países mais afetado pela epidemia forma Guiné, Libéria e Serra Leoa. Ultimamente, os casos da doença diminuíram de modo considerável na região. Os especialistas começam a falar sobre o fim da epidemia.

    Tema:
    Remédio russo contra ebola (15)

    Mais:

    Libéria registra a primeira semana sem novos casos de ebola
    Alerta global: ameaça do ebola permanece
    Tags:
    ebola, Médicos Sem fronteiras, OMS, Maria Teresa Cacciapuoti, Guiné, Serra Leoa, Libéria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar