15:37 25 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Sobreviventes de um naufrágio no Mediterrâneo.

    Sobreviventes relatam mais uma tragédia no Mar Mediterrâneo

    © AP Photo/ Carmelo Imbesi
    Mundo
    URL curta
    0 18404

    A história voltou a se repetir no Mar Mediterrâneo. Outra embarcação repleta de imigrantes tentando fugir dos problemas na Líbia afundou. Cerca de 40 pessoas teriam morrido.

    Giovanna di Benedetto, representante da organização não-governamental Save The Children, disse, nesta terça-feira (5), que  um grupo de pessoas socorridas que chegou à Catânia, na Sicília, informou que “137 pessoas estavam em um bote que esvaziou ou explodiu – não está claro – e uma parte das pessoas caiu no mar”.

    Os sobreviventes afirmaram que o acidente aconteceu antes da operação de socorro da Marinha e da Guarda Costeira italianas ocorrida no último final de semana. Contando também com a ajuda da Marinha Mercante, aproximadamente, 6 mil imigrantes foram salvos nas águas do Mediterrâneo.

    O bom tempo e o mar calmo fizeram aumentar no último fim de semana o número de embarcações clandestinas chegando aos portos italianos. A estimativa é de que 1,75 mil pessoas tenham morrido somente este ano vítimas de afundamentos de barcos com imigrantes vindos da Líbia no Mediterrâneo. No ano passado, houve 96 mortes.

    Os líbios tentam fugir da violenta guerra civil no país que se instalou depois que o Muammar Khaddafi foi destituído do governo com a ajuda dos EUA e de aliados europeus em 2011. Desde então, a violência se instalou na Líbia com diversas tentativas de alguns grupos para se instalar no poder.

     

    Tags:
    sobreviventes, naufrágio, imigrantes, Marinha Mercante, Marinha, Guarda Costeira, Save The Children, Muammar Khaddafi, Itália, Sicília, Catânia, Mar Mediterrâneo, Europa, EUA, Líbia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik