12:29 22 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Um policial está perto do veículo dos suspeitos após um tiroteio perto da exibição de caricaturas do profeta Maomé e concurso organizado pela Iniciativa de Defesa da Liberdade Americana em Garland, Texas.

    Polícia mata homens que atacaram sede de concurso de caricaturas de Maomé nos EUA

    © REUTERS / Mike Stone
    Mundo
    URL curta
    0 0 0

    A polícia dos EUA matou, na noite de domingo (3), dois homens que atiraram contra os seguranças do Curtis Culwell Center, em Garland, no Texas, onde estava sendo realizado um concurso para escolher a melhor caricatura do profeta Maomé. Um policial ficou ferido com um tiro na perna.

    O político holandês Geerts Wilders, que acabara de falar durante o evento, disse à Agência France Presse por email estava chocado com incidente. Ele havia abordado a liberdade de expressão, sobre cartoons e sobre o islã e afirmou que o tiroteio era “um atentado à liberdade de todos”.

    Aproximadamente, 20 minutos antes um usuário do Twitter, chamado Sharia É Luz, publicou uma mensagem com a hastag #texasattack. A conta foi suspensa. O concurso oferecia US$ 10 mil para a melhor caricatura.

    Tags:
    tiros, caricaturas, concurso, morte, ataque, Twitter, Maomé, Geerts Wilders, Gerland, Texas, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar