22:44 08 Março 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Visita de Cristina Fernández de Kirchner à Rússia (17)
    1153
    Nos siga no

    A delegação argentina liderada pela presidente Cristina Kirchner está em visita oficial a Moscou, onde a líder se reuniu com o presidente russo, Vladimir Putin.

    Após a reunião bilateral, a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, declarou que a intervenção de terceiros em qualquer conflito entre países é inaceitável, destacando que a saída para disputas só é possível por meio da diplomacia e da política, bem como com a participação das Nações Unidas.

    "Nós não apoiamos a invasão de países terceiros nos assuntos internos de cada país soberano. Isto é muito importante, pois os problemas que podem ocorrer muitas vezes são distorcidos e ampliados ou mesmo provocados por países terceiros", disse Kirchner após as negociações com Putin. 

    Ela acrescentou que a Argentina também apoia a decisão da ONU sobre a situação ucraniana. A Resolução 2202 do Conselho de Segurança da ONU foi adotada por todos os membros em 17 de fevereiro de 2015 em apoio aos acordos de Minsk para a resolução da crise ucraniana. 

    "Nós consideramos que a decisão da ONU, a diplomacia e a política, são os únicos caminhos para a resolução de conflitos entre os países", completou a líder argentina. 

    Tema:
    Visita de Cristina Fernández de Kirchner à Rússia (17)

    Mais:

    Rússia e Argentina estabelecem parceria estratégica global
    Argentina e Rússia podem recusar-se ao uso do dólar em comércio mútuo
    Cristina Kirchner discute assuntos internacionais com Vladimir Putin
    Kirchner está na Rússia para irritar o Ocidente
    Tags:
    intervenção militar, visita oficial, Cristina Kirchner, Vladimir Putin, Argentina, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar