03:12 25 Junho 2018
Ouvir Rádio
    PACE

    APEC só voltará a discutir direito de voto da Rússia em junho

    © Foto: PACE official website
    Mundo
    URL curta
    0 06

    A presidente da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa (APEC), Anne Brasseur, afirmou à Sputnik nesta segunda-feira (20) que a questão das credenciais da Rússia será discutida na próxima sessão de verão do organismo.

    O tema “estará na agenda, em junho, porque se observarmos o parágrafo 16 da resolução, somos obrigados a colocar isso na ordem do dia, e não se discutirá somente as sanções, mas também as credenciais russas”, disse Brasseur antes da sessão de primavera da Assembleia.

    A líder da APEC comentou sobre seu anúncio de que a Assembleia já havia decidido não discutir o direito de voto da delegação russa durante a sessão de primavera. “Nós tomamos uma resolução onde dissemos que voltaríamos às sanções contra a delegação russa se houvesse progresso”, disse Brasseur, numa conferência de imprensa antes da sessão.

    Ela acrescentou, porém, que a comissão de acompanhamento da Assembleia não indicou progresso nos pontos estabelecidos em resolução. “Portanto, não há necessidade de voltar a esta questão.” Brasseur afirmou que a APEC discutiria a situação na Ucrânia durante as reuniões desta semana em Estrasburgo, na França, ao invés do direito de voto da Rússia

    A APEC despojou a Rússia da sua acreditação em abril de 2014, em resposta a reintegração da Crimeia à Federação Russa e ao início da crise com a Ucrânia, o que levou a delegação da Rússia a deixar a Assembleia.

    Em uma sessão em janeiro de 2015, a APEC aumentou as restrições contra a Rússia, devido à sua posição sobre as hostilidades na Ucrânia, o que prejudicou as relações União Europeia-Rússia. A Assembleia afirmou que a delegação russa poderia ter seus poderes de voto de volta se houvesse progressos significativos no diálogo com Estrasburgo.

    Tags:
    direito a voto, sessão, discussão, APEC, Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, União Europeia, Anne Brasseur, Estrasburgo, Crimeia, França, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik