18:05 22 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Ártico

    Senadora do Alasca: Rússia muito à frente dos EUA no Ártico

    © Sputnik/ Ramil Sitdikov
    Mundo
    URL curta
    0 2566282

    A Rússia vem desenvolvendo seu território no Ártico muito mais rapidamente do que os Estados Unidos, afirmou a senadora Lisa Murkowski nesta sexta-feira.

    A senadora do estado americano do Alasca observou que a Rússia está “claramente mais engajada e comprometida com o Ártico do que os Estados Unidos.” Murkowski comentou também sobre o sucesso da Rússia em sua presença no Ártico:

    “Acho que eles estão muitos passos à frente de nós (Estados Unidos) em termos do que estão fazendo no Ártico.”

    A presença russa no Ártico envolve a condução de pesquisa científica, a facilitação do comércio marítimo, a organização de missões de busca e resgate e a construção de novos postos militares. Das oito nações do Ártico, a Rússia tem a presença mais avançada na região, assim como a maior flotilha de navios quebra-gelo. 

    Murkowski, que fundou a Convenção do Ártico para o Senado americano, criticou a falta de compromisso do país em sua presença no Ártico.

    “Não quero que fiquemos sentados esperando até que um dia acordemos e percebamos que perdemos o Ártico.”

    No atual orçamento americano, Murkowski explicou, nenhuma das agências federais “tem dinheiro algum” para arcar com suas responsabilidades na região do Ártico. Na próxima semana, os Estados Unidos vão assumir a presidência rotativa do Conselho do Ártico. O Conselho tem oito membros, enquanto 12 países têm status de observadores.

    Murkowski chefia o Comitê de Energia e Recursos Naturais do Senado americano e está trabalhando para introduzir uma legislação que incentive o desenvolvimento de infraestrutura dos Estados Unidos no Ártico.

    Mais:

    Comandante americano nega disputa entre EUA e Rússia pelo controle do Ártico
    Rússia terá força militar autossuficiente no Ártico até 2018
    Shell cada vez mais perto de retornar ao Ártico
    Rússia inicia “industrialização do Ártico”
    Tags:
    infraestrutura, Ártico, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik