14:32 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Marine Le Pen e seu pai, Jean-Marie Le Pen, ambos do Front National

    Fundador do partido Front National retira sua candidatura nas eleições regionais da França

    © REUTERS / Jean-Paul Pelissier/Files
    Mundo
    URL curta
    0 62

    Após pressão da filha e líder do partido, Jean-Marie Le Pen, anunciou hoje que não irá se candidatar às eleições regionais pelo FN no país.

    Le Pen se curvou à sua filha, Marine Le Pen, que hoje dirige o partido e que tem pretensões presidenciais, após uma disputa explosiva pela mídia e nos bastidores. Marine queria impedir que seu pai se candidatasse por considerar que ele fazia mal à imagem do partido. Le Pen manteve seu repertório de declarações antissemitas e anti imigração que o fizeram famoso.

    Em uma entrevista publicada nesta segunda-feira pelo semanário Le Figaro, o político declarou sua intenção de não mais participar das eleições regionais. "Mesmo que eu acredite ser o melhor candidato do FN", disse.

    Desde 2011, quando assumiu a direção do partido, Marine tem atuado para mudar a percepção dos franceses sobre a legenda e torná-la mais palpável ao eleitorado centrista. Arroubos antissemitas como os de seu pai estão fora dessa nova fase, que no entanto mantém um discurso eurocético e xenófobo. A estratégia vem dando certo nas urnas, e o FN tem conquistado pontos importantes em eleições locais e pesquisas de opinião.

    Fonte: Estadão Conteúdo

    Tags:
    eleições na França, Marine Le Pen, Jean-Marie Le Pen, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik