14:23 19 Julho 2018
Ouvir Rádio
    23º comboio de ajuda humanitária russa para Donbass

    Diplomata critica falta de assistência humanitária ocidental para Donbass

    © Sputnik / Sergey Pivovarov
    Mundo
    URL curta
    0 92

    A mídia ocidental ignora sistematicamente a escala de violação dos direitos humanos na Ucrânia, o que é uma clara demonstração de seus padrões duplos, afirmou um diplomata russo nesta segunda-feira.

    “No que diz respeito ao tratamento dos aspectos humanitários, mais de vinte comboios foram enviados pela Rússia, e haverá outros”, disse o comissário para os direitos humanos da chancelaria russa, Konstantin Dolgov, em entrevista ao canal de TV Rossiya 24. 

    “Ainda não há assistência humanitária séria para os habitantes do Sudeste da Ucrânia por parte do Ocidente e de muitas organizações internacionais”, reclamou Dolgov, destacando, no entanto, o papel desempenhado pela Cruz Vermelha na região. “A Rússia tem o ‘ônus’ principal. Ninguém no Ocidente escreve sobre esse ‘ônus’, no bom sentido do termo, por razões políticas”. 

    Mais cedo, o vice-ministro de Emergências da Rússia, Vladimir Artamonov, anunciou que Moscou enviará novos comboios de ajuda humanitária para a região de Donbass nos próximos dias 23 de abril e 14 de maio, com 200 toneladas de carga. Até o momento, já foram enviados, ao todo, 23.  

    Recentemente, o Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia enviou um comunicado para a Rússia pedindo que esta parasse de prestar esse tipo de assistência no leste do território ucraniano, alegando que Moscou estava “violando a soberania da Ucrânia sob o pretexto da chamada ajuda humanitária". 


    Mais:

    Kiev não quer comboio humanitário russo em Donbass
    Rússia prepara novos comboios de ajuda humanitária para a Ucrânia
    Tags:
    ajuda humanitária, Cuz Vermelha, Rossiya 24, Konstantin Dolgov, Vladimir Artamonov, Ocidente, Moscou, Donbass, Kiev, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik