08:02 21 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Vista de Teerã

    Apesar do acordo preliminar sobre programa nuclear, UE prorroga sanções contra Irã

    © Fotolia/ Borna_Mir
    Mundo
    URL curta
    0 29617

    A decisão da União Europeia de prorrogar as sanções contra o banco iraniano Tejarat e mais 32 transportadoras marítimas é contraproducente, afirmou a porta-voz do ministério das Relações Exteriores do Irã, Marzieh Afkham.

    “As medidas da União Europeia não são construtivas, enquanto seguem as negociações e as tentativas de chegar a um acordo (sobre programa nuclear iraniano — redação)”, citou as suas palavras a emissora PressTv.

    A diplomata também lamentou o fato da UE ir de encontro às “decisões das cortes europeias” e destacou que a prorrogação dos embargos “não ajuda ao processo de negociação e causa perda de confiança”. 

    Nesta quarta-feira, UE prorrogou a permanência na lista das sanções de 32 transportadoras marítimas e do banco Tejarat, apesar das decisões judiciais anteriores.

    As medidas foram divulgadas poucos dias após a celebração de acordo preliminar sobre o programa nuclear iraniano entre o “sexteto” e Irã, segundo qual  UE retiraria as sanções sobre Teerã, desde que o país cumprisse os seus compromissos junto à Agência Internacional de Energia Atômica  (AIEA). 

    Tags:
    sanções, programa nuclear iraniano, Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Marzieh Afkham, União Europeia, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik