17:34 21 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Sniper mira a cabeça de Dzhokhar Tsarnaev no momento de sua captura

    Júri declara culpado o coautor do atentado de Boston

    Sean Murphy/BostonMagazine.com
    Mundo
    URL curta
    0 17342

    O júri de um tribunal dos EUA declarou Dzhokhar Tsarnaev culpado por todas as acusações movidas contra ele pelo atentado que provocou a morte de 3 pessoas e deixou mais de 250 feridos durante a maratona de Boston, em abril de 2013, informou a agência de notícias Fox News.

    Os jurados chegaram ao veredito por unanimidade, após deliberar sobre o caso por 12 horas no decorrer de 2 dias. Tsarnaev foi declarado culpado pelo uso de arma de destruição em massa resultando em morte, uso de arma de fogo com intenção de matar, conspiração para uso de bomba e outros crimes.

    Uma vez emitido o veredito, o processo entrará em sua segunda fase, na qual será decidido se Tsarnaev, indiciado por mais de 30 crimes, será condenado à pena capital ou passará o resto da vida atrás das grades.

    Uma pesquisa de opinião pública realizada pelo The MassINC Polling Group, em março deste ano, apontou que 62% dos moradores de Boston consideram que o acusado deve ser condenado a prisão perpétua, enquanto somente 27% são favoráveis à pena de morte.

    De origem chechena, o jovem Dzhokhar Tsarnaev, hoje com 21 anos, teria organizado o crime juntamente com seu irmão, Tamerlan Tsarnaev, que morreu posteriormente ao trocar tiros com a polícia de Boston, segundo as informações oficiais. Dzhokhar foi capturado vivo, porém com muitos ferimentos, sendo inicialmente levado para um hospital.

    Segundo os peritos, os Tsarnaev utilizaram cabos de decorações de Árvores de Natal e detonadores feitos com peças de controle remoto de carros de brinquedo para acionar os explosivos. O material explosivo foi obtido partir de centenas de cartuchos de fogos de artifício que contêm pólvora preta, conforme consta do relatório.

    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik