15:33 21 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Indonésia adia a execução de presos

    EUA com a maioria de mulheres encarceradas criticam detenção de feministas na China

    © flickr.com/ Justin Norman
    Mundo
    URL curta
    0 843272

    A China apelou a países terceiros para respeitarem a sua soberania judicial depois de a antiga secretária do Estado dos EUA Hillary Clinton ter chamado de “indesculpável” a detenção de cinco mulheres ativistas.

    Câmara de fuzilamento em Utah, EUA
    © AP Photo/ AP Photo/Trent Nelson, Pool, File
    A China apelou a países terceiros para respeitarem a sua soberania judicial depois de a antiga secretária do Estado dos EUA Hillary Clinton ter chamado de “indesculpável” a detenção de cinco mulheres ativistas. 

    As mulheres (Li Tingting, Wei Tingting, Wang Man, Zheng Churan and Wu Rongrong) tinham planejado protestar contra o assédio sexual no transporte público, mas foram detidas no Dia Internacional de Mulher, 8 de Março, por suspeita, de “provocação de discussões e de confusões”, que prevê até cinco anos de prisão. 

    Hillary Clinton escreveu no seu Twitter “A detenção de mulheres ativistas na China deve ser parada. Isto é indesculpável”. 

    O porta-voz da Chancelaria chinesa, Hua Chunying, manifestou por sua vez que este caso é um assunto interno da China.

    “A China é um país governado pela lei. Os departamentos relevantes irão tratar do caso em conformidade com a lei. Esperamos que as figuras públicas nos outros países respeitem a soberania e a independência judicial da China’, manifestou. 

    Todos já estão acostumados à maneira dos EUA de apresentar-se como o ideal de democracia e um exemplo para todos os outros países, mas a estatística não engana. Neste caso vale a pena divulgar a informação do número de mulheres presas nos EUA e na China. 

    Segundo o Centro Internacional de Estudos Penitenciários (ICPS na sigla em inglês), os EUA têm o maior número de mulheres reclusas. Há 201,200 mulheres nas prisões estadunidenses, o que representa quase um terço de todas as mulheres encarceradas no mundo! Porém, a China ocupa o distante segundo lugar com 84,600 mulheres na prisão apesar da população total chinesa ser quatro vezes maior do que a norte-americana.

    Tags:
    prisioneiros, prisão, Hillary Clinton, China, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik