09:08 22 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Barack Obama

    Obama: condicionar o acordo nuclear com Irã ao reconhecimento de Israel seria um erro

    © REUTERS/ Kevin Lamarque
    Mundo
    URL curta
    0 970202

    O presidente dos EUA, Barack Obama, chamou de “erro fundamental de avaliação” as tentativas de condicionar o acordo sobre o programa nuclear iraniano ao reconhecimento do Estado de Israel.

    “A ideia de condicionar o fato do Irã não obter armas atômicas ao reconhecimento do Estado de Israel seria o mesmo que dizer: não assinaremos acordos com Irã até a alteração das bases fundamentais do regime iraniano”, disse Obama em entrevista à National Public Radio (NPR).

    “Seria um erro fundamental de avaliação”, completou o presidente.

    Segundo ele, os EUA se posicionam contra armas atômicas no Irã justamente por não ter certeza de que a “natureza do regime (iraniano) mudará”.

    “Se Irã se transformasse repentinamente em Alemanha, Suécia ou França, a conversa sobre a sua infraestrutura nuclear seria completamente diferente”, pontuou Obama.

    O acordo prévio alcançado após as negociações entre o Irã e o “sexteto” na Suíça em 2 de abril limita consideravelmente o programa nuclear iraniano. Dois terços das instalações iranianas paralisarão os trabalhos nos próximos dez anos. Além disso, Irã se compromete a submeter todos os seus programas de enriquecimento de urânio ao controle internacional por próximos 25 anos.

    O “sexteto” e Irã pretendem concluir o documento final do acordo sobre o programa nuclear iraniano até o dia 30 de junho. A União Europeia, em troca, revogará as sanções contra Irã, assim como os EUA, a medida da implementação do acordo.

    Tags:
    programa nuclear iraniano, Barack Obama, Irã, Israel, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik