18:12 22 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Protestantes erguem bandeira da Grécia

    Ministro francês diz que Grécia pode ir além em suas reformas

    © REUTERS/ Alkis Konstantinidis
    Mundo
    URL curta
    0 14312

    O ministro de Finanças da França, Michel Sapin, disse nesta quinta-feira (2) que a proposta de reformas apresentada pela Grécia melhorou, mas pode ir além. Ontem, o governo grego submeteu a credores internacionais um plano de reformas que inclui medidas para elevação de impostos e novos gastos.

    As reformas são uma condição para que a Grécia consiga liberar novos recursos de seu programa de ajuda. "A lista é melhor que a da última vez", disse Sapin, durante coletiva na França. "A questão é 'eles podem ir além'? A resposta é sim, eles ainda podem ir além", completou.

    Sapin afirmou, porém, que todos os negociadores envolvidos trabalham com a hipótese de a Grécia permanecer na zona do euro. Segundo o ministro, uma eventual saída de Atenas teria sérias consequências econômicas na Europa e representaria também um fracasso político para o bloco, cuja vocação é expandir, não contrair.

    Perguntado se a Grécia poderá deixar o euro involuntariamente, Sapin disse que não poderia descartar essa possibilidade. "Não dá para excluir a possibilidade de um acidente… mas realmente não quero que isso aconteça", disse o ministro.

    Sobre a perspectiva econômica da França, Sapin adotou tom cauteloso após o primeiro-ministro Manuel Valls ter dito recentemente que o país poderá crescer até 1,5% este ano. De acordo com Sapin, a previsão de crescimento para 2015 que constará em documento oficial que a França está para entregar a Bruxelas continuará sendo de 1%. Para Sapin, é melhor ser realista do que eventualmente se decepcionar.

     

    Estadão Conteúdo

    Tags:
    propostas, reformas, crescimento, economia, Michel Sapin, Manuel Valls, zona do euro, Atenas, Bruxelas, Grécia, Europa, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik