07:58 21 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Militares do exército do Iraque combatem o Estado Islâmico perto de Tikrit em 30 de março de 2015

    Iraque declara vitória contra Estado Islâmico em Tikrit

    © AFP 2017/ AHMAD AL-RUBAYE
    Mundo
    URL curta
    Estado Islâmico: pior ameaça mundial (299)
    0 82962

    O Iraque declarou ter conquistado uma "vitória magnífica" nesta quarta-feira sobre o grupo Estado Islâmico em Tikrit, passo importante na estratégia para expulsar os militantes de outros redutos dos extremistas.

    O ministro da Defesa do Iraque, Khalid al-Obeidi, fez o pronunciamento dizendo que as forças de segurança "cumpriram sua missão" durante a ofensiva de um mês contra a cidade natal de Saddam Hussein e também em outras áreas da província de Salahuddin.

    Caça F-15E Strike Eagle da Força Aérea americana
    © REUTERS/ U.S. Air Force/Senior Airman Matthew Bruch/Handout
    "Temos o prazer, com todo nosso orgulho, de anunciar as boas novas de uma vitória magnífica", disse Obeidi em comunicado gravado em vídeo. "Agora vamos para Anbar! Agora vamos a Nínive e dizemos isso com total resolução, confiança e persistência", afirmou ele nomeando outras províncias sob o domínio dos extremistas.

    Extremistas do Estado Islâmico tomaram Tikrit no ano passado durante o avanço do grupo pelo norte e oeste do país. A batalha por Tikrit é vista como um passo importante na direção da tomada de Mosul, a segunda maior cidade do Iraque e capital de Nínive.

    Forças iraquianas, das quais fazem parte soldados, policiais, milícias xiitas e tribos sunitas, lançaram uma operação de larga escala para retomar Tikrit em 2 de março. Na semana passada, os Estados Unidos começaram a realizar ataques aéreos contra a cidade a pedido do governo iraquiano.

    Segundo o ministro do Interior, Mohammed Salem al-Ghabban, " o governo vai ajudar moradores desalojados a voltar para a cidade e que uma unidade de defesa civil fará a varredura local em busca de bombas e carros-bomba”. 

    A missão da Organização das Nações Unidas (ONU) no Iraque, a Unami, disse nesta quarta-feira que a violência fez pelo menos 997 vítimas fatais em março no país, uma pequena queda em relação aos números de fevereiro. 

    A Unami declarou em comunicado que dentre os mortos há 729 civis e que os demais eram integrantes de forças de segurança. Pelo menos 2.172 pessoas ficaram feridas, dentre elas 1.785 civis. 

    O novo enviado da ONU ao Iraque, Jan Kubis, disse estar chocado com o fato de os iraquianos continuarem a "suportar o peso" da violência em vigor no país. 

    Kubis também disse nesta quarta-feira que a ofensiva em Tikrit é "uma vitória para todo o povo iraquiano" e que a ONU está pronta para ajudar as autoridades provinciais e nacionais do país. 

    fonte: Estadão Conteúdo

    Tema:
    Estado Islâmico: pior ameaça mundial (299)

    Mais:

    Estado Islâmico executa casal por ato sexual antes do casamento
    Estado Islâmico continua crescendo na Síria, apesar de ataques aéreos
    EUA bombardeiam Tikrit, ocupada pelo Estado Islâmico
    Estado Islâmico tenta recrutar jovens brasileiros
    Ataques ao Estado Islâmico já mataram quase duas mil pessoas
    Tags:
    extremismo, ONU, Estado Islâmico, Tikrit, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik