23:00 17 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Forças especiais de segurança da Turquia

    Polícia turca prende 22 pessoas após morte de procurador

    © AP Photo/ Emrah Gurel
    Mundo
    URL curta
    0 15404

    A polícia turca prende 22 pessoas depois do ataque ao procurador Selim Kiraz no Palácio de Justiça em Istambul, informa o jornal Milliyet.

    Na terça-feira, 30 de março, o procurador de Istambul, Mehmet Selim Kiraz, que estava investigando a morte do adolescente Berkin Elvan, atingido na cabeça pela polícia durante protestos contra o governo em 2013, foi feito refém por ativistas do Partido da Frente Popular Revolucionário de Libertação (DHKP-C), de extrema esquerda.

    Kiraz foi gravemente ferido na ação policial para sua libertação e levado a um hospital, mas não sobreviveu. Uma rede de TV turca informou que três militantes do DHKP-C foram mortos no tiroteio com a polícia. 

    Em conexão com o ataque em Istambul, a polícia deteve 22 pessoas em Antália. Outra está sendo procurada. Os detidos são, em sua maioria, estudantes da universidade local, Akdeniz. Segundo a polícia, eles militam no grupo extremista de esquerda proibido DHKP-C. Porém, como diz o advogado dos detidos, o grupo só queria fazer uma declaração à imprensa sobre os acontecimentos de ontem em Istambul.

    Tags:
    polícia, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik