15:27 21 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Polícia turca posicionada em frente a um tribunal em Istambul

    Turquia: promotor e sequestradores morrem após ação da polícia

    © AFP 2017/ OZAN KOSE
    Mundo
    URL curta
    0 50418

    Várias explosões e tiros foram ouvidos em um tribunal de Istambul onde um promotor foi feito refém por um grupo armado de extrema esquerda.

    O promotor Mahmet Selim Kiraz foi gravemente ferido na ação policial e levado a um hospital, mas não sobreviveu. Uma rede de TV turca informou que três militantes do grupo de extrema esquerda chamado Frente do Partido Revolucionário da Libertação do Povo foram mortos no tiroteio com a polícia.

    "Ele estava morto quando chegou ao hospital. Tentamos o possível, mas não conseguimos salvá-lo", disse um oficial do hospital Florence Nightingale à CNN.

    O ministro de Relações Exteriores e o primeiro-ministro da Turquia também confirmaram a morte do promotor. O presidente do país, Tayyip Erdogan, afirmou que Kiraz levou três tiros na cabeça e dois no resto do corpo.

    O sequestro começou quando dois homens disfarçados de advogados entraram no tribunal. Testemunhas ouviram disparos quando os sequestradores entraram no prédio. "Estávamos no sexto andar. Um homem de cabelo preto vestindo um paletó entrou na sala do promotor e disparou a arma três vezes", relatou Mehmet Hasan Kaplan, que trabalha no prédio.

    O chefe de polícia de Istambul Selami Altinok disse que autoridades haviam estabelecido uma linha de comunicação com os sequestradores e negociaram por seis horas, mas foram forçados a agir quando ouviram disparos dentro da sala onde Kiraz estava sendo mantido como refém.

    O promotor liderava a investigação sobre a morte do adolescente Berkin Elvan, de 15 anos, que foi atingido na cabeça por um policial em junho de 2013, durante uma manifestação contra o governo em Istambul. Ele morreu em março de 2014, depois de passar 269 dias em coma.

    O grupo de extrema esquerda ameaçava a vida do promotor e exigia a prisão dos responsáveis pela morte de Elvan.

    Tags:
    promotor, sequestro, mortes, polícia, Istambul, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik