01:37 19 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Autoridades da Jordânia destacaram confiabilidade e eficiência dos produtos da Rosatom (Росатом, em russo)

    Jordânia optou por reatores russos por serem mais confiáveis e eficientes

    © Sputnik/ Pavel Lisitsyn
    Mundo
    URL curta
    0 48492

    Autoridades da Jordânia informaram hoje que escolheram os reatores russos para sua usina nuclear por conta de sua confiabilidade técnica e de sua alta eficiência.

    “A decisão de aceitar a proposta russa foi baseada em duas vantagens sobre os competidores, a confiabilidade dos seus reatores nucleares e a eficiência do projeto”, disse o presidente da Comissão de Energia Atômica da Jordânia, Khaled Toukan, em entrevista à Al-Arabiya. 

    Segundo Toukan, tais características dos produtos russos podem ser comprovadas pelas experiências de Índia, Bielorrússia e outros países, que também utilizam esses equipamentos. 

    Além de gerar mais eletricidade do que o projeto apresentado por França e Japão, a proposta russa também é mais interessante no quesito financeiro, já que é 15% mais barata do que a outra.

    A estatal russa Rosatom assinou com as autoridades da Jordânia no último dia 24 um acordo intergovernamental de cooperação para a construção de uma central nuclear em território jordaniano, depois de derrotar, em concurso, o consórcio franco-japonês formado por Mitsubishi Heavy Industries e Areva.

    Tags:
    energia nuclear, Comissão de Energia Atômica da Jordânia, Al-Arabiya, Rosatom, Areva, Mitsubishi, Khaled Toukan, Bielorússia, Índia, Rússia, Jordânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik