20:15 23 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Sede da ONU em Nova York

    Enviado da ONU defende atuação do Conselho de Segurança no conflito Israel e Palestina

    © AP Photo/ Osamu Honda, File
    Mundo
    URL curta
    0 32662

    O enviado das Nações Unidas para o Oriente Médio, Robert Serry, defendeu nesta quinta-feira que o Conselho de Segurança da entidade se apresente para resolver o conflito entre israelenses e palestinos.

    Segundo Serry, que apresentou ao conselho seu relatório final, afirmou que a comunidade internacional deve considerar seriamente indicar ela mesma as premissas para uma negociação que "pode ser a única forma de preservar a ideia de uma solução de dois estados".

    O enviado fez fortes críticas à política de construção de assentamentos ilegais levada por Israel, afirmando que ela "pode matar completamente a possibilidade de se construir dois estados para dois povos".

    "Sinceramente, eu não sei se isso ainda é possível", disse.

    As considerações de Serry chegam um dia após o primeiro-ministro Israelense, Benjamin Netanyahu, ser oficialmente escolhido para formar um novo governo após as conturbadas eleições. 

    Durante a campanha, Netanyahu chegou a declarar que um Estado Palestino nunca seria criado enquanto ele fosse premiê. Logo após o resultado das eleições, entretanto, ele recuou da promessa.

    O Conselho de Segurança é impedido há muito tempo de tomar atitudes mais duras contra Israel pelos Estados Unidos, um dos membros permanentes com direito de veto. Em dezembro, o Conselho de Segurança rejeitou uma resolução palestina exigindo a retirada de Israel do território ocupado ilegalmente em um prazo de três anos.

    fonte: Estadão Conteúdo

    Tags:
    Conselho de Segurança da ONU, ONU, Robert Serry, Benjamin Netanyahu, Palestina, Oriente Médio, Israel, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik