13:39 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Miltantes do Boko Haram

    Boko Haram sequestra mais de 500 mulheres e crianças na Nigéria

    © AP Photo/ AP Photo/Boko Haram,File
    Mundo
    URL curta
    0 16602

    O grupo terrorista nigeriano Boko Haram sequestrou mais de 500 mulheres e crianças em Damasak, no noroeste do país, dias depois de a cidade ter sido libertada pelas tropas do Chade e do Níger.

    O sequestro ocorre na véspera das eleições de sábado (28) e durante a ofensiva militar regional de tropas do Chade e do Níger contra o Boko Haram. De acordo com um comerciante local citado pela agência de notícias Reuters, os extremistas islâmicos “levaram 506 mulheres jovens e crianças” e mataram cerca de 50 delas antes de irem embora.

    As tropas regionais haviam conseguido libertar Damasak na semana passada, mas a operação custou a vida a dezenas de habitantes locais, que foram assassinados pelos terroristas à medida que foram obrigados a retirar-se da cidade.

    O exército nigeriano, que luta contra o Boko Haram com a ajuda militar dos vizinhos Chade, Níger e Camarões, tem tomado importantes pontos de controle, principalmente no norte do país, reduzindo o número de governos sob controle dos jihadistas.

    A violência praticada pelo Boko Haram, que recentemente jurou lealdade ao Estado Islâmico e mantêm sequestradas mais de 200 meninas há quase um ano, será um dos temas que mais influenciarão o resultado das eleições na Nigéria.


    Mais:

    Exército nigeriano recupera cidade controlada pelo Boko Haram
    Mais de 500 militantes do Boko Haram são mortos em ofensiva do Níger
    Boko Haram divulga vídeo jurando lealdade ao Estado Islâmico
    Tags:
    sequestro, Boko Haram, Nigéria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik