00:49 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Igor Plotnitsky

    Líder da RPL: “Obama tem a chance de não acatar a recomendação provocadora do Congresso”

    © Sputnik/ Valery Melnikov
    Mundo
    URL curta
    0 586103

    O líder da autoproclamada República Popular de Lugansk no leste da Ucrânia, Igor Plotnitsky, exortou o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, a não seguir a recomendação do Congresso de sancionar o envio de armas letais para as forças do governo de Kiev, segundo relata a agência de notícias Lugansk Inform Tsentr nesta terça-feira (24).

    "Eu gostaria de notar que o presidente Obama tem uma chance de não cumprir a recomendação provocadora do Congresso", disse o líder independentista. 

    Ao passar tal resolução, o Congresso norte-americano demonstrou não ter nenhum desejo "de preservar a paz no continente europeu, não importa o quão frágil ela seja, e jogou combustível no fogo da guerra", afirma a reportagem da agência de Lugansk.

    A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou nesta terça-feira a resolução com recomendações ao presidente do país para sancionar o envio de “armamentos letais e de defesa” para Ucrânia. O documento recebeu 348 votos a favor e 48 contra. 


    Mais:

    República Popular de Donetsk não redeslocará armas pesadas à linha de frente
    Moscou: afirmações da Ucrânia sobre retirada de armas pesadas são blefe
    Obama pede ao Congresso o uso de força militar contra EI
    Tags:
    armas letais, Barack Obama, Igor Plotnitsky, Lugansk, Donbass, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik