23:18 30 Abril 2017
Ouvir Rádio
    Presidente da Venezuela, Nicolas Maduro

    Nicolás Maduro entregará 10 milhões de assinaturas ao Obama na Cúpula das Américas

    © AP Photo/ Ariana Cubillos
    Mundo
    URL curta
    0 670132

    A cúpula será realizada nos dias 10 e 11 de abril na capital do Panamá e contará com a presença de 35 chefes de Estado.

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, espera coletar 10 milhões de assinaturas pela revogação das sanções dos EUA contra o seu país até a Cúpula das Américas, para entregá-las ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

    A cúpula será realizada nos dias 10 e 11 de abril na capital do Panamá e contará com a presença de 35 chefes de Estado. 

    “Por isso, eu convoco a Venezuela (a participar do abaixo assinado). Quanto eu encontrar o presidente Obama, entregarei as assinaturas a ele. Eu direi que Venezuela exige a revogação desse decreto imperialista que ameaça o nosso povo”, cita as palavras de Maduro o portal Notícias24.

    Na semana passada, Washington suspendeu o visto de sete funcionários do governo venezuelano e congelou seus bens em território dos EUA. Também foi decretado pela Casa Branca que a Venezuela representa uma “ameaça incomum e um problema extraordinário para os Estados Unidos”.

    “Tenho total apoio da América Latina e do Caribe. O meu coração diz que alcançaremos a paz, a soberania e a independências”, anunciou o líder venezuelano. 

    Enquanto isso, uma campanha na internet em apoio à Venezuela está ganhando corpo. Na noite desta sexta-feira, a hashtag #ObamaDerogaElDecretoYa (Obama, revogue o decreto já) foi compartilhado no Twitter por mais de 1,8 milhões de pessoas, informou a emissora Telesur.

    Tags:
    abaixo-assinado, sanções, Nicolás Maduro, Barack Obama, Caribe, Venezuela, América Latina, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik