04:09 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Homens-bomba se explodem em mesquita no Iêmen, matando dezenas de pessoas

    EI comandou ataques no Iêmen

    © REUTERS/ Khaled Abdullah
    Mundo
    URL curta
    Estado Islâmico: pior ameaça mundial (299)
    0 52503

    Declarações em áudio e vídeo supostamente produzidos pelo Estado Islâmico levam a crer que o grupo terrorista foi o responsável pelos atentados com homens-bomba que deixaram mais de 130 mortos em duas mesquitas do Iêmen, nesta sexta-feira.

    As declarações foram publicadas em sites afiliados ao Estado Islâmico.

    A declaração escrita, veiculada em um site que já exibiu manifestos do Estado Islâmico no passado, chamou os ataques desta sexta-feira de "ponta do iceberg". O texto dizia que cinco homens-bomba foram os autores dos atentados.

    A voz na declaração em áudio era similar à do áudio de quinta-feira, no qual o Estado Islâmico assumia a autoria do ataque de quarta-feira no Museu Nacional Bardo, na Tunísia. A mensagem desta sexta dizia que cinco homens-bomba assassinaram "dezenas de infiéis houthis".

    Até esta sexta, o Estado Islâmico não havia executado ataques de grande porte no Iêmen, e a autenticidade das declarações desta sexta-feira ainda não foi confirmada. A rede de TV houthi Al  Masirah informou que 135 pessoas morreram no atentado, enquanto outras 345 ficaram feridas.

    Tema:
    Estado Islâmico: pior ameaça mundial (299)

    Mais:

    Premiê do Iêmen é libertado pelos rebeldes xiitas
    Exército do Iêmen expulsa Al-Qaeda de cidade do sul do país
    Estado Islâmico mata companheiros por deserção
    Estado Islâmico assume autoria de ataque a museu na Tunísia
    Tags:
    atentado, mortes, terrorismo, Estado Islâmico, Iêmen
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik