08:39 19 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Protesto em Frankfurt

    Protesto em Frankfurt vira guerra com a polícia

    © REUTERS/ Kai Pfaffenbach
    Mundo
    URL curta
    0 1229241

    Uma ação de protesto em Frankfurt (Alemanha), organizada pelo movimento anticapitalista Blockupy, virou uma verdadeira guerra com a polícia, com carros incendiados e bombeiros atacados com pedras, relata na quarta-feira o site de Die Zeit.

    A manifestação visava protestar contra abertura da sede do Banco Central Europeu em Frankfurt. Os manifestantes se opõem ao BCE, à política da União Europeia e ao FMI, bem como ao governo alemão, que, em sua opinião, são responsáveis pelo surgimento da crise na Europa.

    A ação envolveu pelo menos várias centenas de pessoas, o twitter do Blockupy fala sobre milhares de participantes. Testemunhas relatam sobre carros da polícia em chamas e barricadas erguidas. A Polícia usa canhões de água e gás lacrimogêneo contra os manifestantes. Durante o protesto foram registradas mais de mil infrações da ordem, 70 policiais ficaram feridos, cerca de 350 pessoas foram detidas, disse à agência russa RIA Novosti um representante da Polícia Metropolitana.

    Um membro do movimento Blockupy, Hannah Eberle, contou a Sputnik: “Os manifestantes expressam a sua crítica clara à política do BCE. Mas também criticamos o sistema econômico no seu conjunto, as suas bases. Porque, enfim, este sistema econômico é contra a vida humana. Nossas faixas expressam as exigências de solidariedade e do movimento social unificado na Europa, baseado em princípios democráticos”.

    Tags:
    banco, protesto, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik