07:48 17 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Protesto em Seul contra a implantação do sistema antimísseis Thaad.

    EUA querem implantar escudo antimísseis na Coreia do Sul e desagradam a China

    © AFP 2017/ Jung Yeon-Je
    Mundo
    URL curta
    1821

    Os EUA defenderam nesta terça-feira (17) a implantação do escudo antimísseis Thaad na Coreia do Sul.

    O secretário de Estado adjunto norte-americano para a Ásia Oriental e o Pacífico, Daniel Russel, disse em Seul que há uma “significativa ameaça”, tanto para a Coreia do Sul quanto para os EUA, do programa de mísseis da Coreia do Norte e que as autoridades militares “têm a responsabilidade de avaliar sistemas para proteger os cidadãos” dos dois países.

    A possibilidade, porém, não agrada a China. Antes da permissão de Seul para a implantação do escudo antimísseis, Pequim voltou a manifestar sua posição contrária. As autoridades chinesas estão preocupadas, em especial, porque os sistemas incluem radares capazes de detectar os movimentos do Exército do país na parte oriental de seu território.

    A instalação do escudo antimísseis Thaad também sofre pressões contrárias dentro da própria Coreia do Sul. Enquanto Daniel Russel falava no Ministério das Relações Exteriores sul-coreano, ativistas protestavam contra a ideia norte-americana do lado de fora da chancelaria.

    Tags:
    resistência, aintimísseis, escudo, implantação, protesto, Thaad, Daniel Russel, Pacífico, Pequim, Ásia, Seul, Coreia do Sul, Coreia do Norte, China, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik