15:55 27 Julho 2017
Ouvir Rádio
    Chefe da diplomacia europeia Federica Mogherini

    UE manterá sanções contra Crimeia e apela aos países-membros da ONU para se juntarem

    © AFP 2017/ JOHN THYS
    Mundo
    URL curta
    Guerra de sanções entre Rússia e Ocidente (179)
    0 847124

    A União Europeia manterá em vigor as sanções contra a Crimeia e apela aos países-membros da ONU para considerarem medidas semelhantes, diz-se na declaração da chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, feita em nome da União Europeia.

    A declaração foi elaborada na reunião dos ministros do Exterior dos países-membros da UE, a propósito do primeiro aniversário da reunificação da Crimeia com a Rússia.

    “A UE continuará seguindo a sua posição de não reconhecimento [da reintegração da Crimeia na Rússia], inclusive por meio de medidas restritivas. A UE apela novamente aos países-membros da ONU para considerarem medidas semelhantes de não reconhecimento em conformidade com a resolução da Assembleia Geral da ONU 68/262”, frisa a declaração.

    A península da Crimeia e a cidade de Sevastopol tornaram-se territórios russos após o referendo de março de 2014 quando a maioria dos participantes do sufrágio votou em favor da reunificação com a Rússia (96,77% na Crimeia e 95,6% em Sevastopol).

    Tema:
    Guerra de sanções entre Rússia e Ocidente (179)
    Tags:
    sanções, ONU, Federica Mogherini, Crimeia, Rússia, União Europeia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik