16:39 25 Março 2017
Ouvir Rádio
    Alexis Tsipras, primeiro-ministro da Grécia

    Grécia busca reparações de guerra da Alemanha

    © REUTERS/ Kostas Tsironis
    Mundo
    URL curta
    0 523131

    O Parlamento grego aprovou por unanimidade, nesta madrugada (11), a criação de uma comissão formada por todos os partidos para exigir reparações de guerra da Alemanha pela ocupação nazista durante a Segunda Guerra Mundial.

    Durante um debate que durou mais de sete horas, os deputados de todos os partidos manifestaram consenso, apesar das divergências a respeito da forma como as reclamações devem ser formuladas.

    O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, iniciou o debate na terça-feira (10), afirmando que o Governo "vai apoiar o esforço do Parlamento e oferecer todo o apoio político e legal" para conseguir resultados “através do diálogo”.

    “A Grécia vai cumprir com as suas obrigações, mas o Governo vai trabalhar para que os outros cumpram as suas, o que ainda não fizeram", disse ele.

    Tsipras reiterou que as vítimas gregas da ocupação nazista devem ser homenageadas e disse que "as recordações" desses crimes "estão vivas e devem ser mantidas vivas, não para avivar a falta de confiança entre povos, mas também para recordar o que se passou quando se pretenderem impor sentimentos de superioridade nacional, em vez dos de solidariedade".

    O premiê grego ressaltou que o povo alemão "pagou um preço muito alto" durante a Segunda Guerra Mundial, mas recordou que depois da assinatura do Acordo de Londres, em 1953, Berlim "deveria enfrentar as suas obrigações" resultantes da guerra, o que, em sua avaliação, tem procurado evitar com "astúcias legais".

    Atenas exige da Alemanha reparações às vítimas e compensações pela destruição de infraestruturas, pelo roubo de tesouros arqueológicos e ainda pelo empréstimo forçado que o Terceiro Reich impôs sobre a Grécia, e cujo valor atual é estimado entre 7 e 11 bilhões de euros. 

    Mais:

    Eurogrupo pede que Grécia acelere pacote de reformas
    Chanceler: Europa afinal destapou os ouvidos para ouvir a Grécia
    Grécia pretende ser “ponte” entre UE e Rússia
    Tags:
    nazismo, Segunda Guerra Mundial, Alexis Tsipras, Alemanha, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik