04:23 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Parede de casa em Caracas com inscrição Gringo, nos respeite!

    Partido Socialista: protestos na Venezuela seguem o cenário da Ucrânia

    © REUTERS/ Carlos Garcia Rawlins
    Mundo
    URL curta
    0 410

    O vice-presidente do Partido Socialista Unido da Venezuela, Jesus Faria, disse que os protestos sociais na Venezuela são comparáveis com os protestos na Ucrânia em 2014, que levaram à deposição do ex-presidente Viktor Yanukovich.

    “Os protestos que conhecemos na Venezuela têm a intenção de queimar o país com seus atos terroristas. Nós vimos a mesma tática na Ucrânia, quando os grupos neofascistas, apoiados pelas mídias norte-americanas, derrubaram o governo legítimo e jogaram o país no incêndio social”, disse Faria em entrevista a Sputnik.

    Protestos em Venezuela durante funeral de Kluibert Roa, morto em manifestação
    © REUTERS/ Carlos Garcia Rawlins
    No ano que passou, desde o início dos protestos em massa contra o presidente atual da Venezuela, Nicolás Maduro, já morreram mais de 40 pessoas.

    Faria acrescentou que os agentes das autoridades acusados de abuso durante os protestos de 2014 foram julgados pelo tribunal.

    Na Ucrânia, no dia 21 de novembro de 2013, os participantes de um comício reuniram-se no centro da cidade protestando contra a decisão do presidente Viktor Yanukovich de suspender os preparativos para a assinatura do acordo de associação com a União Europeia. Esta ação transformou-se em desordens em massa e acarretou numerosas vítimas. A seguir deu-se o golpe de Estado que levou ao poder Pyotr Poroshenko.

    Tags:
    protesto, Nicolás Maduro, Pyotr Poroshenko, Viktor Yanukovich, Venezuela, EUA, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik