21:47 20 Julho 2017
Ouvir Rádio
    Secretário do Partido Comunista chinês em Xinjiang, Zhang Chunxian

    China anuncia a prisão de terroristas ligados ao Estado Islâmico

    © AP Photo/ Andy Wong
    Mundo
    URL curta
    0 34950

    O líder da província autônoma chinesa de Xinjiang, Zhang Chunxian, que também é secretário regional do Partido Comunista, divulgou nesta terça-feira (10) que deteve um grupo de terroristas aliados ao Estado Islâmico que voltaram à China.

    O número e a identidade dos extremistas capturados, porém, não foram divulgados. As autoridades locais já haviam alertado sobre a existência de extremistas em Xinjiang. O jornal oficial Global Times chegou a publicar que 300 chineses se aliaram ao Estado Islâmico no Iraque e na Síria.

    A China foi alvo de muitos atentados no ano passado. Os ataques mataram dezenas de pessoas e, segundo o governo chinês, os responsáveis são membros do grupo jihadista. No entanto, as autoridades do país asiático não apontaram diretamente a participação do Estado Islâmico.

    Xinjiang possui uma população de 10 milhões de pessoas da etnia uigur. Eles são muçulmanos contrários ao regime de Pequim. O governo chinês acusa radicais da região pelos atentados que aconteceram na província recentemente.

    Tags:
    uigur, Estado Islâmico, China, prisão, Prisão, Global Times, Estado Islâmico, Zhang Chunxian, Pequim, Xinjiang, Iraque, Síria, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik