02:36 15 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Violeta Bulc, comissária dos Transportes da Comissão Europeia

    UE não poderá ajudar as transportadoras afetadas pelas sanções russas

    © AFP 2017/ Jure Makovec
    Mundo
    URL curta
    Guerra de sanções entre Rússia e Ocidente (179)
    0 162

    A comissária dos Transportes da Comissão Europeia recomendou que as empresas afetadas procurem ajuda no nível nacional.

    A União Europeia não dispõe de recursos para ajudar financeiramente as transportadoras europeias afetadas pelas sanções contra a Rússia e pelas sanções russas contra o bloco. O anúncio foi feito nesta segunda-feira pela comissária dos Transportes, Violeta Bulc, em resposta às perguntas dos deputados na sessão do parlamento europeu. 

    “De que modo podemos ajudar? Serei extremamente clara, não será possível fazer isso no âmbito da União Europeia. Assim como o meu colega responsável pela pasta de Agricultura, eu não disponho de fundos extras para ajudar as transportadoras”, explicou a autoridade.  

    Ao mesmo tempo, Bulc recomendou que as empresas afetadas procurem ajuda no nível nacional,  com os governos dos seus respectivos países. O valor desses possíveis recursos, entretanto, não poderá ser superior a 100 mil euros em três anos. Respeitadas essas condições, o subsídio não precisará ser comunicado à Comissão Europeia e submetido à dura apreciação das legislações comercias da UE.

    Em 7 de agosto de 2014, a Rússia adotou um pacote de medidas de retaliação às sanções dos EUA, Austrália, Canada, UE e Noruega. Estão proibidas por uma ano as importações de frutas, legumes, carnes e laticínios desses países. Segundo a alfândega russa, a importação desses produtos em 2013 somou 9,1 bilhões de dólares.

    Tema:
    Guerra de sanções entre Rússia e Ocidente (179)
    Tags:
    sanções, Comissão Europeia, Violeta Bulc, Rússia, UE
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik