15:33 30 Março 2017
Ouvir Rádio
    Vladimir Putin discursa em Budapest

    Putin ressalta necessidade incondicional de fornecer gás à Europa via Ucrânia

    © Sputnik/ Alexei Druzhinin
    Mundo
    URL curta
    0 62662

    A Rússia precisa incondicionalmente fornecer gás à Europa através do território da Ucrânia, segundo declarou o presidente russo, Vladimir Putin, durante uma reunião com os membros do Conselho de Segurança russo nesta sexta-feira (6).

    Na segunda-feira (2), a Rússia, a Ucrânia e a Comissão Europeia mantiveram conversações em Bruxelas sobre a questão do fornecimento de gás.

    O tema tem sido motivo de preocupação para a União Europeia em meio às tensas relações entre Moscou e Kiev e à dívida de gás da Ucrânia com a Rússia.

    A Gazprom cortou o fornecimento de gás para a Ucrânia no verão passado (inverno no hemisfério sul), devido à imensa dívida de mais de US$5 bilhões de Kiev. Depois de uma interrupção de quase seis meses, as entregas de gás foram renovadas em dezembro de 2014, no âmbito do que se convencionou chamar de pacote de inverno. O acordo, que expira em abril, requer o pagamento antecipado da Ucrânia pelo preço com desconto de US$ 100 por mil metros cúbicos de gás.

    Em 25 de fevereiro, Putin ressaltou que Moscou novamente suspenderia o fornecimento se Kiev não efetuar novos pré-pagamentos.

    Na quinta-feira (5), o porta-voz da Gazprom, Sergei Kupriyanov, disse que a companhia ucraniana Naftogaz transferiu US$ 15 milhões para a estatal russa a fim de garantir a entrega de 45,6 milhões de metros cúbicos de gás, ou o suficiente para durar cinco dias.

    Tags:
    gás, dívida, negociações, Naftogaz, Comissão Europeia, Gazprom, Vladimir Putin, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik