22:31 25 Março 2017
Ouvir Rádio
    Bandeira do Estado Islâmico em zona de conflito

    Parlamentar do Iraque diz ter prova do apoio americano ao EI

    © Sputnik/ Andrey Stenin
    Mundo
    URL curta
    0 1810360

    O legislador iraquiano Qasim Al-Araji disse ao parlamento de seu país que seu grupo, a Organização Badr, tem em posse prova irrefutável de que o governo dos Estados Unidos está fornecendo armas e ajuda militar ao autoproclamado Estado Islâmico.

    O líder do grupo Badr compartilhou essas informações com o parlamento do Iraque nesta quinta-feira, alegando ainda que a documentação será divulgada ao público no futuro.

    A Organização Badr é uma sequência das Brigadas Badr, ala militar do Comselho Supremo para a Revolução Islâmica no Iraque (SCIRI, na sigla em inglês), que foi formado durante a guerra Irã-Iraque, em 1982, e consistia principalmente de exilados e refugados iraquianos no Irã.

    Desde a invasão liderada pelos Estados Unidos, em 2003, o grupo mudou seu nome de "Brigada" para "Organização" e subsequentemente tornou-se um partido político oficial no Iraque. O grupo mantém uma ala militar e ganhou evidência na luta contra o Estado Islâmico no Iraque, especialmente por seu papel na libertação da província Diyala, em fevereiro.

    As alegações de Al-Araju não são as primeiras deste tipo — nem mesmo vindas da Organização Badr. Em janeiro, Hadi Al-Ameri, secretário-geral do Badr, relatou à "Press TV" que uma aeronave americana havia despejado armas em uma província controlada pelo Estado Islâmico no Iraque.

    Segundo a Press TV, um estudo conduzido por um grupo baseado em Londres também descobriu que militantes do Estado Islâmico vinham usando "quantidades significativas" de armas que levavam a inscrição "propriedade do governo dos Estados Unidos".

    Acredita-se que os armamentos foram levados ao Estado Islâmico por outros grupos rebeldes, baseados na Síria e classificados como "moderados" pelo governo americano. O senador dos Estados Unidos Rand Paul já havia alertado para possibilidade da transferência de armas aos terroristas do Estado islâmico, afirmando que "uma das razões para o fortalecimento do IS é estarmos armando seus aliados".

    Mais:

    Turquia ajudará Iraque na luta contra Estado Islâmico
    Militante do Estado Islâmico Jihadi John cresceu em Londres
    Estado Islâmico sequestra 200 cristãos assírios em três dias
    Tags:
    terrorismo, Estado Islâmico, Iraque, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik