20:33 13 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Premier italiano, Matteo Renzi, em encontro com o presidente russo, Vladimir Putin

    Renzi acha que papel russo pode ser fundamental para resolver a crise na Líbia

    © Sputnik/ Gergei Guneev
    Mundo
    URL curta
    0 71

    O primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, considera que a Rússia pode ter uma participação decisiva na resolução da crise líbia e na luta contra o terrorismo internacional.

    Em conversa com repórteres nesta quinta-feira, após um encontro com o presidente russo, Vladimir Putin, o premier da Itália disse que a atual situação na Líbia e as ameaças de propagação do extremismo foram alguns dos assuntos mais discutidos pelos dois. “Nós concordamos que nossos países devem ajudar a impulsionar os esforços nessa direção. O papel da Rússia no Conselho de Segurança da ONU é de importância crucial e, além disso, os seus laços com o Egito podem ajudar”, afirmou. 

    Segundo Renzi, é preciso fazer o possível para deter aqueles que atentam contra valores básicos das civilizações. “Estou falando sobre o terrorismo e o fanatismo religioso, uma vez que esses problemas causam grande preocupação aos nossos países”. 

    Putin, por sua vez, disse que a Rússia defende uma resolução pacífica para a crise líbia, sob mediação das Nações Unidas. 


    Mais:

    Conselho de Segurança: falta consenso na estratégia para Líbia
    Rebeldes capturam dois campos de petróleo na Líbia
    Tags:
    terrorismo, Conselho de Segurança da ONU, ONU, Matteo Renzi, Vladimir Putin, Líbia, Itália, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik