14:00 17 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Situação na Síria

    Chancelaria russa: eficácia de golpes aéreos da coalizão internacional contra EI é baixa

    © Sputnik/ Andrei Stenin
    Mundo
    URL curta
    0 41

    A intensidade dos ataques aéreos da coalizão internacional, liderada pelos EUA, contra as posições da organização terrorista Estado islâmico (EI) não mudou, mas a eficácia é muito baixa, disse o representante oficial do Ministério do Exterior russo, Aleksandr Lukashevich.

    Estado Islâmico
    © East News/ Balkis Press / ABACA/EAST NEWS
    "A efetividade deste tipo de ação, segundo as estimativas de muitos especialistas, continua extremamente baixa”, manifestou ele em um briefing.

    O grupo terrorista Estado Islâmico, anteriormente designado por Estado Islâmico do Iraque e do Levante, foi criado e, inicialmente, operava principalmente na Síria, onde seus militantes lutaram contra as forças do governo. Há alguns meses, aproveitando o descontentamento dos sunitas iraquianos com as políticas de Bagdá, o Estado Islâmico lançou um ataque maciço em províncias do norte e noroeste do Iraque e ocupou um vasto território. No final de junho, o grupo anunciou a criação de um califado islâmico nos territórios sob seu controle no Iraque e na Síria.

    Tags:
    bombardeio, terrorismo, aviação, Ministerio das Relacoes Exteriores (Russia), Estado Islâmico, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik