12:44 13 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Nokia Lumia 925

    Finlândia: celulares são mais importantes que relacionamentos, diz estudo

    © flickr.com/ Stilgherrian
    Mundo
    URL curta
    0 01

    Um estudo realizado por pesquisadores finlandeses mostrou que o país nórdico considera telefones celulares mais importantes do que relacionamentos ou empregos.

    Uma pesquisa realizada por cientistas finlandeses indicou que mais da metade dos entrevistados da nação nórdica consideram aparelhos tecnológicos mais importantes do que um relacionamento ou um emprego.

    Nos últimos 15 anos, as preferências dos finlandeses foram profundamente afetadas pelo rápido desenvolvimento das tecnologias de comunicação. Telefones celulares se tornaram parte integral da vida dos finlandeses, alterando gestos e valores da sociedade do país.

    Um total de 1.354 finlandeses de 18 a 74 anos foram entrevistados para o estudo, que foi conduzido pela Universidade de Turku. Pesquisas anteriores, realizadas em 1999, 2004 e 2009 permitiram aos pesquisadores constatar a dinâmica das mudanças sociais. Eles enfatizam, por exemplo, que aqueles que consideram relacionamentos como parte essencial de suas vidas são apenas 62% agora. Na via inversa está a estatística que aponta os cidadãos que consideram um telefone celular como essencial: 72%. Ainda é de se destacar o número de pessoas que veem seu bem-estar como dependente do emprego: apenas 62%.

    Os pesquisadores, entretanto, ressaltam que os entrevistados com mais de 60 anos de idade ainda se apegam a ideia e pontos de vista mais antigos. Eles veem jornais impressos como fonte essencial de informação.

    Aki Koivula, um dos pesquisadores da universidade de Turku, enfatizou que enquanto a internet está se tornando mais importante para os finlandeses, a mídia tradicional, como TVs e jornais, está em declínio gradual.

    Tags:
    pesquisa, Finlândia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik