03:05 13 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Observadores da OSCE na Ucrânia

    Moscou cobra da OSCE monitoramento da retirada de armas pesadas na Ucrânia

    © Sputnik/ Aleksei Kudenko
    Mundo
    URL curta
    0 111

    Moscou solicita à missão especial de acompanhamento na Ucrânia da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) a não se eximir ao cumprimento de suas funções e começar a monitorar a retirada das armas pesadas, segundo declarou o Ministério das Relações Exteriores da Rússia em um comunicado nesta quarta-feira (25).

    Na nota, a chancelaria enfatiza que todas as disposições do pacote de medidas para implementar os Acordos de Minsk, assinados em 12 de fevereiro pelo Grupo de Contato e apoiados pelos líderes da Rússia, da Alemanha, da França e da Ucrânia, "devem ser rigorosamente cumpridas". 

    Além disso, o comunicado de Moscou "saúda a determinação” dos independentistas de Donbass em completar a retirada de suas armas pesadas, a fim de criar a zona tampão de segurança prevista nos termos do acordo de paz. 

    Segundo o ministério russo, "lamentavelmente, a missão de acompanhamento especial da OSCE na Ucrânia, referindo-se à ausência de certas instruções, está hesitante para cumprir as suas funções e se esquiva ao monitoramento da retirada das armas pesadas dos lados do conflito”.

     

    Mais:

    Observadores da OSCE declaram catástrofe humanitária em Debaltsevo
    OSCE continua sem acesso a todas as regiões de Donbass
    Observadores da OSCE visitarão Debaltsevo em 22 de fevereiro
    Tags:
    OSCE, Moscou, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik