19:43 30 Março 2017
Ouvir Rádio
    Situação em Donbass

    Opinião: Kiev não quer baixar as armas

    © Sputnik/ Dan Levi
    Mundo
    URL curta
    Ucrânia em foco da política internacional (289)
    0 1836274

    Os ministros das Relações Exteriores do "quarteto de Normandia" discutem hoje em Paris a situação na Ucrânia. No entanto, de acordo com o senador Vladimir Dzhabarov, chefe interino do Comitê para Relações Internacionais do Conselho da Federação da Rússia, aparentemente nem todos estão satisfeitos com a atual trégua na Ucrânia.

    Segundo a mídia russa, os chefes das diplomacias do "quarteto de Normandia" (Lavrov, Klimkin, Steinmeier e Fabius) planejam elaborar uma lista de medidas endereçadas  o grupo de contato (que inclui as partes no conflito mais a OSCE e a Rússia) de maneira a realizar todos os pontos dos Acordos de Minsk.

    “Eu estou a acompanhar de perto a situação na Ucrânia e estou preocupado com o fato de que a Ucrânia fez várias declarações ultimamente. Em primeiro lugar, de repente, começou a falar sobre forças de paz e,  por algum motivo, sobre forças de paz na fronteira com a Rússia. Em minha opinião, as forças de paz devem separar as partes em conflito. Em segundo – ao mesmo tempo que a RPD e RPL declaram sobre retirada dos equipamentos pesados, Kiev diz que ainda vai pensar sobre a viabilidade da remoção dos seus armamentos. Quer dizer, existe mais uma divergência quanto aos Acordos de Minsk. Esta tendência é muito perigosa”, declarou Vladimir Dzhabarov à emissora Sputnik.

    Segundo ele, o cessar-fogo não diz respeito ao plano de Kiev, que gostaria de “preservar o regime custe o que custar”.

    "Parece que a normalização das relações não convém a todos. A atual trégua convém, primeiramente, ao Sudeste da Ucrânia e absolutamente não entra nos planos das autoridades de Kiev. Porque é preciso reconstruir a economia, é necessário não só combater, mas mostrar o que se sabe fazer na vida civil", disse Vladimir Dzhabarov.

    Tema:
    Ucrânia em foco da política internacional (289)
    Tags:
    cessar-fogo, trégua, quarteto de Normandia, OSCE, Vladimir Dzhabarov, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik