13:38 23 Julho 2017
Ouvir Rádio
    Gasoduto

    Lugansk e Donetsk agradecem à Rússia por fornecimento de gás

    © Sputnik/ Taras Litvinenko
    Mundo
    URL curta
    0 1467212

    A decisão da Rússia de fornecer gás ao território das autoproclamadas Repúblicas Popular de Lugansk (RPL) e Donetsk (RPD) permitiu evitar uma situação crítica, declarou o premiê da RPL, Gennady Tsypkalov.

    “Eles (as autoridades da Ucrânia – Ed.) criaram intencionalmente uma situação crítica, quando o frio se instalou e o consumo de gás é máximo. Agradecemos à Federação da Rússia que neste momento nos apoiou e começou o fornecimento de gás adicional”, declarou Tsypkalov.

    O premiê da RPL também chamou de falsas as declarações do governo da Ucrânia sobre os trabalhos de reparação de todos os gasodutos  localizados no território da autoproclamada República Popular de Lugansk.

    "Nos principais três gasodutos não estão sendo feitas quaisquer reparações. Portanto, o lado ucraniano está nos enganando, não posso classificar isso de outra forma. De acordo com nossos dados, não há nenhumas reparações, mas as válvulas estão fechadas", disse Tsypkalov.

    Na quinta-feira passada, a empresa ucraniana Naftogaz parou de fornecer gás às autoproclamadas Repúblicas Popular de Lugansk (RPL) e Donetsk (RPD). Segundo a versão oficial, isto foi feito devido à infraestrutura estar danificada.

    Mais cedo a empresa russa Gazprom começou a fornecer gás a estes territórios através das estações junto à fronteira,  anteriormente não usadas.

    Tags:
    gasosuto, gás, Naftogaz, Gazprom, Lugansk, Donetsk, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik