18:03 29 Março 2017
Ouvir Rádio
    Alexis Tsipras, chefe do partido grego de esquerda Syriza

    Governo grego diz que reunião do Eurogrupo mostrará quem defende o fim da crise

    © AP Photo/ Thanassis Stavrakis
    Mundo
    URL curta
    0 24220

    O governo da Grécia afirmou, nesta quinta-feira, que a reunião do Eurogrupo, que ocorrerá na sexta, mostrará os países que defendem e os que não defendem uma solução para a crise grega.

    O comunicado foi emitido após o Ministério das Finanças da Alemanha se manifestar contra o pedido de extensão de crédito feito na manhã de hoje pela Grécia aos parceiros europeus.

    "O Eurogrupo de amanhã tem duas opções: aceitar ou rejeitar o pedido grego. Isso mostrará quem quer uma solução e quem não quer", afirmou o governo grego. De acordo com o Ministério das Finanças alemão, o pedido grego não representa uma “solução substancial” para o problema.

    A Grécia pediu a extensão do acordo por seis meses e se comprometeu a aceitar supervisão da Comissão Europeia, do Banco Central Europeu (BCE) e do Fundo Monetário Internacional (FMI), não mais se referindo ao trio como troika.

    Durante a campanha do novo governo grego, o grupo chegou a ser avaliado como uma das principais causas do agravamento da crise financeira no país. Com o pedido de hoje, a Grécia também prometeu adotar novas medidas para recuperação econômica e estabilidade financeira. A reunião desta sexta-feira dos ministros das Finanças do Eurogrupo será a terceira em dez dias. Um grupo de altos funcionários dos governos da zona do euro trabalha hoje na avaliação do pedido grego e preparação do encontro.

    Desde 2010, quando está sob assistência financeira, a Grécia recebeu dois empréstimos dos parceiros europeus e do FMI, totalizando 240 bilhões de euros. A condição para receber o montante era o comprometimento com a adoção de medidas de austeridade, bandeira contra a qual o partido do atual primeiro-ministro, Alexis Tsipras, lutou durante o período eleitoral.

    Mais:

    Grécia envia pedido à União Europeia para estender em seis meses o acordo de empréstimo
    Grécia elege o conservador Prokopis Pavlopoulos como novo presidente
    Tags:
    dívida, Banco Central Europeu, Comissão Europeia, FMI, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik