17:49 22 Julho 2017
Ouvir Rádio
    Sergei Lavrov

    Lavrov: Debaltsevo pode ser usada por EUA para ampliar sanções

    © Sputnik/ Yevgeny Biyatov
    Mundo
    URL curta
    0 2150192

    Segundo o chefe da chancelaria russa Sergei Lavrov, a situação na cidade ucraniana de Debaltsevo pode ser usada por Washington para alcançar seus objetivos, em particular introduzir mais sanções contra a Rússia e começar o fornecimento de armamentos a Kiev.

    A declaração foi feita após a reunião com o seu colega da Ossétia do Sul, David Sankoev.

    Lavrov declarou que a Rússia tem repetidamente chamado a atenção para a situação em Debaltsevo, ao mesmo tempo que  seus colegas ocidentais declaravam que tal problema não existia. Mas agora a situação pode ser usada para continuar a política antirrussa.

    O chefe da diplomacia sublinhou que Moscou partilha da preocupação com a situação em torno de Debaltsevo e exige cessar o fogo e agir no âmbito dos Acordos de Minsk alcançados em 15 de fevereiro.

    "Estamos convencidos de que, a fim de acalmar a situação, é preciso parar de tentar mudar pelas armas o status quo vigente desde as 00h00 de 15 de fevereiro",disse o ministro das Relações Exteriores.

    Situação na Ucrânia
    © AP Photo/ AP Photo/Mstyslav Chernov
    Também hoje (18) Sergei Lavrov e o secretário do Estado norte-americano John Kerry discutiram por telefone a resolução da crise na Ucrânia com base nos Acordos de Minsk.

    "Foram debatidas os problemas da resolução da crise ucraniana, com base em Acordos de Minsk, acordado em 12 de fevereiro com o apoio dos líderes dos Estados do ‘Quarteto de Normandia’”, escreve-se no comunicado publicado no site da chancelaria russa.

    Durante as conversações também foram abordadas  outras questões, incluindo a situação na Síria e a agenda de possíveis contatos bilaterais", diz o comunicado.

    Tags:
    Sergei Lavrov, John Kerry, Ossétia do Sul, Debaltsevo, Síria, EUA, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik